Atividades físicas no inverno – os cuidados a serem tomados

Atividades físicas no inverno – os cuidados a serem tomados

Com a chegada da estação que é caracterizada por contar com as temperaturas mais baixas do ano, é comum que algumas pessoas se privem da prática de exercícios físicos. A determinação dificilmente supera o duelo com os termômetros, quando as temperaturas caem. Acerca disso, doenças e alterações no organismo, como resfriados, gripes e alergias, por exemplo, vêm à tona devido à constante aglomeração de pessoas em locais fechados, o que acaba se tornando uma forma de transmissão de vírus e bactérias.

Aliado a tudo isso, a preguiça é um mal a ser expurgado. A interrupção da prática de atividades físicas, no inverno, enfraquece o organismo, principalmente, por causa da diminuição da resistência orgânica do indivíduo. A regularidade, neste caso, deve ser mantida de maneira prolongada, reduzindo os riscos à saúde e aumentando a capacidade respiratória.

Para aqueles que optam por realizar atividades ao ar livre, é importante a utilização de roupas que sejam auxiliares ao aquecimento corporal. O aumento de calor deve ocorrer, também, através da proteção dos pés e mãos, evitando que o sangue não chegue onde deveria.

Em relação à alimentação, a ingestão com mais alto teor calórico é natural e instintivo, o que colaboraria no acúmulo de gordura e retensões. No entanto, como o inverno é uma estação que exige mais do nosso metabolismo, com maior gasto de energia, se harmonizarmos a alimentação e atividade física, será mais fácil para a manutenção da qualidade corpórea.

Abaixo, listamos cinco sugestões e dicas para complementar a sua rotina de treinos nesse período:

1- A hidratação é essencial, seja antes, durante e após as atividades. Assim como no verão, nosso corpo elimina líquidos através da transpiração.

2- Aqueça antes da realização de qualquer exercício. No inverno, sua importância é ainda mais acentuada.

3- Alongue os membros que serão exigidos, além dos demais. Eles precisam de maior atenção.

4- Reduza o intervalo das repetições de exercícios, para evitar que a temperatura baixe.

5- Use roupas leves e confortáveis, mas que mantenham seu corpo aquecido.